Chuva significativa e previsão para áreas do Brasil

A atuação de um canal de umidade vem favorecendo chuvas mais volumosas na Bahia, inclusive com algumas localidades registrando chuva forte, a exemplo do litoral sul, como a chuva acumulada em 24 horas, entre o sábado (17/03) e o domingo (18/03) em Caravelas (litoral sul baiano) foi de 100 mm (Inmet), este volume de chuva está 8% acima da média climatológica para o mês de março, que é de aproximadamente 90 mm. E em Correntina, no extremo oeste da Bahia, em 24 horas, entre 13 horas do sábado (17/03) e 13 horas do domingo (18/03), a chuva acumulada somou 105 mm (Inmet). Este volume de chuva corresponde a 79% da média climatológica de chuvas para março, que fica em torno de 133,2 mm.

Na noite da segunda-feira (19/03) nuvens carregadas se formaram sobre a cidade de Barra, na região do Vale do São Francisco. Segundo medição do Inmet, a chuva acumulada entre 18 horas e meia-noite, foi de aproximadamente 77 mm, correspondendo a 94% da média de chuvas para o mês de março que fica em torno de 82 mm. Em contrapartida, quase 90 municípios do estado estão em emergência por conta da seca que já dura mais de dez meses em algumas localidades. Ainda na noite do referido dia, na cidade de Floriano, no sudoeste do Piauí, o acumulado de chuva de chegou aos 116 mm (24 horas), representando 70% da média para o mês de Março que fica em torno de 166 mm. Este volume de chuva em 24 horas desde o ano de 2011, segundo observações do Inmet.

Na madrugada desta terça-feira (20/03), que teve início a estação do Outono (2 horas e 14) houve chuva sobre partes do Nordeste, Sudeste, Centro-Oeste e Norte. O volume de chuva chegou aos 50 mm em Caravelas, no litoral sul da Bahia (45% da média de março). Em Paranatinga, no centro-leste do estado, o volume de chuva aferido pelo Inmet, entre 21 horas de domingo (18/03) e 1 hora da segunda-feira (19/03) 56 mm (21% da média para março que fica em torno de 271,3 mm).
Já em Guarantã no Norte (MT), a chuva acumulada entre 0 e 15 horas da segunda-feira foi de 90,2 mm, correspondendo a 20% da média de chuvas para março que fica em torno de 451 mm.

Na Região Norte do Brasil, destaque para o acumulado de 60 mm em Soure, na mesorregião do Marajó (PA), aproximadamente 10% da média de março que fica em torno de 615 mm.

Hoje (20/03) ocorrerá chuva forte localizada no noroeste de ES, sul, sudoeste e oeste da BA, norte de MG (regiões Jequitinhonha, norte e noroeste do Estado),centro-norte de GO, DF,  MT, TO, centro-oeste do AC (pela manhã), leste e norte de RO, AM, PA (exceto o noroeste do Estado), sul do AP, MA, PI (menores chances no leste do Estado), centro-norte e noroeste do CE e litoral norte do RN (no final do dia). No norte de GO, TO, sul do MA, sudeste do PA e leste de MT, haverá acumulados significativos de chuva. Neste dia haverá chance de ocorrência de acumulados significativos de chuva no RN e leste da PB.

No sul do Brasil poderá ocorrer chuva forte localizada no extremo sul e sudeste do RS (região da Campanha e litoral sul). As chuvas são esperadas para o final do período. Amanhã (21/03) os temporais deverão afetar boa parte do Estado gaúcho (exceto o norte do Estado). As áreas afetadas serão Vale do Uruguai, Campanha, Serra do Sudeste, Porto Alegre e Depressão Central, Litoral, Missões e Serra do Nordeste.

Atualizado em 20/03/2012 09:57

Proximo

INPE - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais
CPTEC - Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos
© Copyright CPTEC/INPE
Comentários e/ou sugestões: Fale Conosco