Centro de Previsão
de Tempo e Estudos Climáticos
Volume de chuva e previsão de chuva forte nas capitais do Centro-Oeste

A atuação da Zona de Convergência de Umidade (ZCOU) tem contribuído para deixar as nuvens mais carregadas, e com isso favorecendo acumulados significativos de chuva em áreas do Norte, Centro-Oeste, além do sul e oeste da Bahia.  Segundo medição do Inmet, a chuva aferida foi de quase 41 mm entre o domingo (18/03) e a segunda-feira (19/03) e mais 15 mm entre a terça-feira (20/03) e 6 horas da manhã desta quarta-feira (21/03).

Neste mês de março somadas às chuvas registradas até a terça-feira (20/03), a capital federal recebeu aproximadamente 161,8 mm (Inmet) de chuva, correspondendo 89% da média climatológica de chuvas que fica em torno de 180,6 mm.

A cidade de Goiânia, capital de Goiás, acumulou em 20 dias de março 141,4 mm (Inmet) de chuva, o que representa 68% da média climatológica para o mês que é de  206,8 mm.

Em Cuiabá, capital de Mato Grosso, a chuva acumulada no mesmo período soma 166 mm (Inmet), volume que corresponde a 98% da média histórica. Ainda no MT, a chuva acumulada em Canarana, no nordeste do estado foi de 67 mm (24% da média para março que fica em torno de 281,1 mm) entre a terça-feira (20/03) e manhã desta quarta-feira (21/03).

Já em Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul, o destaque é a deficiência de chuva. Em 20 dias, o volume acumulado de chuva é de 39 mm (Inmet), apenas 26% da média normal.

Nesta quarta-feira (21/03) a chuva forte localizada no Centro-Oeste deverá se concentrar no centro-norte de GO, DF e centro-norte de MT.




Atualizado em 21/03/2012 10:29

Proximo

INPE - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais
CPTEC - Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos
© Copyright 2010 CPTEC/INPE
Comentários e/ou sugestões: Fale Conosco