BLOQUEIO MANTÉM TEMPO SECO NA MAIOR PARTE DO SUDESTE E TEMPERATURAS ELEVADAS

A atuação de um anticiclone (setas no sentido anti-horário na imagem superior) em níveis médios (aproximadamente 6 km) mantém a condição de bloqueio para a Região Sudeste neste sábado. Com isso, o escoamento de umidade em baixos níveis (setas vermelhas) fica concentrado entre a Argentina, Uruguai e Rio Grande do Sul, área onde as chuvas dos últimos dias foram intensas e generalizadas. O Sudeste do Brasil, por outro lado, fica em uma área de subsidência (movimentos de cima para baixo) que dificulta a formação de nebulosidade e chuvas mais generalizadas além de contribuir para a elevação das temperaturas. Por isso, o começo de janeiro têm sido de chuvas muito isoladas, embora intensas em alguns pontos, e temperaturas elevadas em grande parte do Sudeste. A figura de anomalia de precipitação (figura inferior esquerda) para os primeiros 11 dias de 2019 (diferença em relação e média histórica) evidencia que as chuvas estão abaixo da média (tons de laranja) em grande parte do Sudeste enquanto em boa parte da Região Sul estão acima da média (tons de azul). Em consequência dos dias de céu com pouca nebulosidade, as temperaturas máximas estão acima da média (tons de laranja na imagem inferior direita). Não há previsão de mudança significativa nas condições de tempo para a próxima semana no Sudeste e o sol seguirá predominando durante a maior parte do dia com pancadas de chuva em pontos isolados e temperaturas elevadas. Para uma previsão detalhada para sua cidade acesse: http://tempo.cptec.inpe.br

 








Atualizado em 12/01/2019 10:20

Proximo

INPE - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais
CPTEC - Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos
© Copyright CPTEC/INPE
Comentários e/ou sugestões: Fale Conosco